Receita de bolo de maçã sem açúcar, super saudável.

15/06/2020
Receita de bolo de maçã sem açúcar, super saudável. Veja como fazer esta receita de bolo de maçã sem açúcar, super saudável, gostoso e fofinho que todos vão elogiar!


A maçã é uma fruta naturalmente doce, o que já é uma vantagem quando a ideia é fazer bolo de maçã sem açúcar para servir um lanche mais saudável. 

Ingredientes 
2 maçãs sem casca, picadas 
1 banana-nanica madura 
2 ovos 
1 xícara (chá) de aveia flocos finos 
½ xícara (chá) de farinha de trigo 
1 colher (sopa) de canela em pó 
1 colher (sopa) de fermento em pó 
1 maçã com casca em fatias finas (para decorar) 
1 colher (chá) de canela em pó (para decorar) 

Modo de preparo 
Em um liquidificador, bata as maçãs, a banana e os ovos. 
Em um recipiente, despeje a massa e acrescente o restante dos ingredientes. 
Misture até ficar homogêneo. 
Em uma forma quadrada (21 x 21 cm), untada com óleo e polvilhada com farinha de trigo, despeje a massa e decore com as fatias de maçãs. 
Leve para assar em forno médio (180°C), pré-aquecido, por cerca de 30 minutos. Polvilhe a canela e sirva. 


*
*


Conheça dez benefícios da maçã para o corpo. 

Diabetes: A maçã é rica em pectina, uma fibra que ajuda no controle da glicemia. Recomenda-se o consumo de duas maçãs pequenas diariamente, esta quantidade é suficiente para a dose de pectina necessária. 

Colesterol: Pesquisadores da Universidade da Flórida constataram que a fibra pectina também auxilia na redução do mau colesterol ao formar uma fibra na parede intestinal impedindo a absorção do colesterol e de outras gorduras. O estudo foi realizado com 160 mulheres entre 45 e 65 anos de idade. 

AVC: Frutas com a polpa branca, como maçã e pera, podem reduzir o risco de uma pessoa sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). 

Problemas respiratórios: A maçã possui antioxidantes que ajudam a melhorar a capacidade respiratória e ainda protegem os pulmões. A maçã também possui uma propriedade adstringente que auxilia a garganta e as cordas vocais. 

Doenças estomacais: A maçã possui agentes cicatrizantes que ajudam os que sofrem de problemas como azia, gastrite e úlceras, além de auxiliar no funcionamento intestinal. Esta fruta age de forma benéfica na mucosa do sistema digestivo. Quem tem problemas de má cicatrização, equimoses e sangramento das gengivas também pode melhorar este quadro comendo maçã. 

Prevenção de cárie dentária: Esta infecção é causada por causa de bactérias e o sumo das maçãs têm propriedades que podem matar até 80% destes germes. Por isso, alguns dentistas recomendam oferecer maçãs para as crianças que comem muitos doces, pois a fruta ajuda a proteger a superfície dos dentes e gengivas. 

Cérebro: Devido às vitaminas do complexo B, a fruta também ajuda na prevenção de todo o sistema nervoso. Isso se dá por ela ser uma ótima fonte de nutrientes, sendo rica em vitamina C e ácido fosfórico. Desta forma, a maçã ajuda a evitar doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e Parkinson. 

Câncer e envelhecimento: Por ser rica em taninos e flavonoides, que são fito nutrientes que agem como antioxidantes, adstringentes e anti-inflamatórios, a fruta ajuda na prevenção do envelhecimento precoce. Os flavonoides também auxiliam em doenças cardiovasculares. Além disso, a maçã possui componentes que ajudam na prevenção do câncer de cólon, de próstata e de mama. 

Saciedade: As maçãs são muito recomendadas aos que querem começar uma dieta. Isso porque a fruta possui fibras que ajudam a dar a sensação de saciedade. A casca, por exemplo, possui fibras insolúveis que não são digeridas e, por isso, ficam no estômago por mais tempo. Ela também tem o poder de reduzir a vontade de comer doces e chocolates. 

Vitaminas: Não é possível falar de todos os benefícios da maçã, que são inúmeros. Mas, em resumo, por ela ter vitaminas B1, B2, B3, a fruta auxilia no controle do crescimento, ajuda a evitar problemas de pele, evita a queda de cabelo e ainda regula o organismo. 


NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Aguarde..