A Dieta da Água – Como funciona, Cardápios e Dicas.

13/07/2018
A Dieta da Água – Como funciona, Cardápios e Dicas. O consumo de água pode ajudar a emagrecer.

 

 

Todos os dias encontramos uma série de receitas que prometem fazer milagres. Principalmente para emagrecer. Porém, muitos testam e não conseguem obter resultados.

 

Uma dieta para dar certo é aquela a qual, você combina várias mudanças. Faz trocas inteligentes, consome muita água (líquidos). Elimina doces, gorduras, refrigerantes e passa a ter um novo estilo de vida. Essa dieta funciona, porque é uma mudança de hábitos para sempre.

 

Portanto, qualquer dieta que você escolher, terá de combinar um plano de atividade física, se alimentar de forma saudável. Ainda, eliminar determinados costumes da sua vida, como: frituras, doces, fast food etc.

 

 

Dieta da Água

A revelação de hoje, é uma técnica maravilhosa que promete atender todas as suas expectativas e não te decepcionar. Trata-se da dieta da água. Bem simples, porque se trata do liquido mais famoso que existe no mundo e que mesmo ao nascer, já consumimos: Água.

 

Com a dieta da água você vai perder peso rapidamente e alcançar a redução de até 5 quilos em 10 dias. Naturalmente, rápido e o melhor de tudo: muito econômico. 

 

O corpo do ser humano é composto aproximadamente de 75% água. Por isso que esta dieta é baseada na ingestão de líquidos. Por que eles são o combustível vital para todas as nossas funções. Seguindo esse método, você perdera 5 kg. Mas atenção, a dieta deve ser rigorosamente cumprida.

 

Essa dieta funciona somente se junto com esse plano você combinar alimentos naturais e saudáveis. Ainda praticar no mínimo 30 minutos de caminhadas todos os dias. A atividade física auxiliará na perda de peso. Pois uma vez que caminhamos, nosso organismo é estimulado a queimar o que está armazenado.

 

 

Como fazer a dieta da água:

1) 3 copos (200ml) de água a cada manhã (jejum). A água pode ser em temperatura ambiente, assim que acordar, você deve consumir a água. Você também pode fazer água detox, usando frutas e vegetais, água de maçã, água de gengibre, água de frutas vermelhas e etc.

2) 3 copos de água antes do pequeno almoço: Para dizer adeus a 5 quilos tomando apenas água potável, você deve consumir essa quantidade de líquido antes de café da manhã. Isso prepara o estômago para os alimentos que você consome. Posteriormente ajuda na limpeza das toxinas.

3) 2 copos de água antes do almoço e jantar: significa que a água será o seu arranque. Logo, é por isso que deves consumir 20 minutos antes das principais refeições do dia.

4) 3 copos de água antes de dormir: Isso é essencial para atingir o seu objetivo. Porque beber essa quantidade de água pelo menos 20 minutos antes de ir para a cama, vai limpar o seu corpo enquanto você dorme. Todas as toxinas serão eliminadas pela urina, quando você despertar, seu corpo está limpo e pronto para iniciar a rotina.

 

Essa dieta deve ser combinada com uma dieta alimentar saudável, ou seja, muita salada, carnes magras, frutas, pelo menos 30 minutos de atividade física por dia. Nada de alimentos industrializadas, ricos em corantes e açúcares nada de fast food, bebidas alcoólicas e etc.

 

Por que a dieta da água funciona?
Nenhuma dieta terá efeito positivo se você não fizer mudanças no seu estilo de vida. Nosso corpo precisa de água. A água limpa o organismo e ajuda a mantê-lo limpo das toxinas e resíduos. Fator importante para quem precisa eliminar os excessos.

A água hidrata, por essa razão, todos os médicos recomendam o consumo de 2 litros de água por dia. Água é fonte de vida, Nosso corpo pode ficar até 45 dias sem alimento, mas se ficarmos de 3 a 5 dias sem água, dificilmente sobreviverá.


Dieta da água – a única dieta que realmente emagrece sem fazer mal a saúde, leia tudo e entenda porque esse método é tão eficiente. 

A água é uma bebida termo gênica, principalmente se consumida gelada. Quando consumimos 1 copo de água gelada, o liquido ao entrar em contato com o corpo, provoca um desequilíbrio de temperatura. O estomago começa a trabalhar de forma acelerada para estabilizar essa temperatura que deve ser em torno a 35 graus (aproximadamente).

A esse processo de desequilibro e equilibro de temperatura chamamos de termogênese. Quando ocorre esse desequilíbrio, nosso corpo queima muitas calorias, porque é obrigado a acelerar e trabalhar de forma rápida para deixar tudo como se deve. Portanto, consumir alimentos termo gênicos, ajuda muito na perda de peso.

A água também é um ótimo remédio natural para tratar azia. Experimente tomar 1 copo de água bem gelado quando estiver com queimação e veja o que acontece.

A água é o combustível vital do nosso organismo, sem ela não poderíamos sobreviver.



Cardápio da dieta da água:
Esse cardápio foi construído sobre a metodologia do consumo de água gelada, mas é importante saber que pode haver cardápios variantes e com pouco embasamento em diversos meios de informações voltados para dietas emergenciais.

 

15 minutos antes de comer ainda em jejum:
300 ml de água gelada

 

Café da Manhã:
1 fatia de pão integral com pasta de ricota;
1 xícara de café ou chá sem açúcar;
1 iogurte grego ou desnatado com linhaça.

 

Lanche da manhã:

300 ml de água gelada;

1 barra de cereal.

 

Almoço:

Salada à vontade;

2 colheres (de sopa) de arroz integral;

1 filé de frango grelhado;

50 gramas de legumes.

 

Lanche da tarde:

300 ml de água gelada;

1 taça de gelatina.

 

Jantar:

200 ml de água gelada;

Salada à vontade;

1 fruta.

 

Ceia:

1 xícara de chá verde;

1 taça de gelatina.

 

 

É recomendável beber no mínimo 2,5 litros de água por dia, para que assim as toxinas sejam liberadas de forma eficiente e seu corpo se mantenha hidratado continuamente;

 

 

Não substitua refeições apenas por água, seu corpo necessita de nutrientes para se manter saudável e apto às atividades diárias;

Não permaneça muito tempo em jejum, isso poderá resultar em consequências ao seu metabolismo, induzindo-o a queimar menos calorias;

Adote essa dieta apenas para objetivos emergenciais, não permaneça com esse plano alimentar por um longo período (nem médio);

Não se esqueça de sempre adicionar porções saudáveis de nutrientes funcionais, como proteínas, carboidratos e sais minerais;

Consumir alimentos termo gênicos naturais pode contribuir para a perda de peso;

Avalie alternativas para perda de peso, considere que a dieta da água não é uma dieta segura.

Quem sofre de condições graves de saúde ou doenças sérias e as pessoas que estejam em processo de recuperação de qualquer tipo de cirurgia não devem seguir a dieta da água.


Acompanhamento médico:

Diversos indícios foram expostos para você reconhecer que a dieta da água não é uma dieta segura para ser adotada para um emagrecimento saudável e garantido. Busque adequar-se a uma dieta indicada por um nutricionista e profissional da saúde, que conheça as características de seu corpo e indique o plano alimentar de acordo com as necessidades individuais de cada um.

 

O acompanhamento e indicação de uma dieta segura por um médico é fundamental para que as reações de seu organismo sejam estudadas e avaliadas, para que em casos positivos ou negativos, possa haver intervenções e adaptações para os objetivos serem conquistados continuamente até o resultado esperado.

 

Ainda não se convenceu que a dieta da água realmente pode prejudicar à saúde ou tem dúvidas em relação a ela, não deixe de conversar com o seu médico de confiança e pedir a opinião dele em relação a esse plano de emagrecimento, principalmente se você estiver inclinado a segui-lo.

 

 

Exercícios físicos:

Além da dieta, a prática regular de atividades físicas é parte importante de um processo de emagrecimento. É através dos exercícios físicos que seu corpo queimará mais calorias, não apenas consumindo água.

 

Outro problema em relação à dieta da água é que ela fornece pouquíssima energia, algo que é necessário para que haja a disposição para a prática de exercícios físicos. Logo, tal parte do processo de perda de peso poderia ficar inviabilizada com esse plano alimentar.

 

Riscos:
Desmaios, tonturas, constipação, dores de cabeça e mal estar não estão fora da lista de consequências adquiridas junto com a adesão da dieta da água. A falta de vitaminas que a frequência na dieta da água causa pode gerar perda de músculos, complicações relacionadas aos níveis de açúcar no sangue, gerar diabetes ou desidratação. O plano de emagrecimento ainda pode causar necessidade de urinar com frequência.

 

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Aguarde..