4 exercícios para aumentar a longevidade com saúde.

25/08/2020
4 exercícios para aumentar a longevidade com saúde. Quer manter a longevidade lá em cima e viver uma vida plenamente saudável e longa?


Não basta ter apenas uma boa alimentação, é preciso cuidar do corpo! Confira a seguir alguns exercícios que vão te ajudar a conquistar a longevidade e a saúde. 
Antes de tudo, é importante pensar na respiração. Não importa que exercício vá praticar, por mais simples que seja, a respiração sempre vem em primeiro lugar. Saber respirar certo é o meio de acertar no exercício e conseguir os resultados que deseja. 
Por isso, antes de praticar os exercícios citados neste artigo, foque em si mesmo e em sua respiração. Lembre-se sempre de que você deve inspirar e expirar apenas com o nariz. Caso tenha dúvidas de como respirar corretamente durante o exercício, conte até três ao inspirar e até seis ao expirar.
E se você nunca praticou exercícios físicos, siga o próprio ritmo. Não force seu corpo a fazer coisas que não consegue. Não queremos acidentes, então não tenha vergonha de parar caso sinta alguma dor ou incômodo. Todos os exercícios citados aqui devem obedecer a uma sequência de 21 repetições. Caso não esteja acostumado com atividades físicas, você pode fazer as repetições de sete em sete. 

Exercício 1
Fique em pé com a coluna reta e levante os braços até a altura dos ombros. Agora, gire por 21 vezes ou até se sentir levemente tonto (se você estiver confortável para se sentir assim). Ao terminar os giros, procure ficar parado e se recuperar da tontura. O propósito desse exercício é reativar as suas memórias de infância. Você não precisa girar o mais rápido possível, apenas o suficiente para trazer essas memórias (ou ficar levemente tonto). Não se esqueça de focar na respiração enquanto gira. 

Exercício 2
Deite-se no chão com as palmas das mãos voltadas para o chão. Agora, levante as pernas e o tronco ao mesmo tempo. Inspire ao levantar as pernas e cabeça, expire ao abaixar as pernas e cabeça. Ao iniciar o exercício, dobre as pernas até sentir os músculos da barriga contraindo e procure levantar e abaixar as pernas na mesma velocidade que faz com a cabeça. Se você se sentir desconfortável enquanto faz o exercício, pode colocar as suas mãos debaixo dos glúteos, servindo de apoio. 

Exercício 3 
Ajoelhe-se com as canelas esticadas, braços rentes ao corpo e apontados para baixo e as palmas das mãos encostadas nas coxas. Então, encoste o seu queixo em direção ao peito e comece a respirar, movimentando a cabeça para trás e colocando os braços nas costas, enquanto as apoia no tronco. Durante a expiração, movimente-se para frente fazendo o movimento contrário, voltando à oposição inicial. 
Durante o exercício, procure usar o peso da sua cabeça para se inclinar para frente de forma mais fácil, evitando forçar o queixo em direção ao peito. Ao fazer o movimento para trás, use a mesma técnica, utilizando apenas o peso da cabeça para movê-la para trás. Conforme for se acostumando com o exercício, você conseguirá trazer suas escápulas bem perto uma da outra quando fizer o movimento para trás. Caso tenha problema para se concentrar no exercício, tente realizá-lo de olhos fechados. 

Exercício 4
Sente-se no chão, com as pernas esticadas e as palmas de suas mãos rentes ao corpo, voltadas para o chão. Comece a mover a cabeça em direção ao queixo e, em seguida, faça o movimento de “mesa” (ficar montado nos quatro membros com a barriga virada para cima). Inspire quando estiver levantado do chão e expire conforme voltar à posição inicial do exercício.

É importante que você vá do começo ao fim da pose durante o exercício todo, sem errar. Para evitar problemas nos pulsos, faça um aquecimento antes de iniciar o exercício. Caso não consiga aguentar o peso do próprio corpo, faça o exercício do seu próprio jeito até se acostumar e, depois, vá acertando a posição.

NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. 
As informações contidas nesse site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento.
Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.  

Praticando esses exercícios regularmente, você conseguirá uma vida longa e saudável. 
Gostou de nosso artigo? Deixe sua opinião nos comentários! 
 

Comentários

  • Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar!

Aguarde..